segunda-feira, julho 25, 2005

O Homem Do Ano

Acontece sempre da mesma maneira. Você se esforça ao máximo para tentar ser diferente, se destacar entre os outros. Mostrar que seu valor é diferente dos explorados por ai. Mas chega um filha da puta com roupinha da moda, cabelinho descolado, blusa aberta mostrando o peitoral quase sarado, com uma bebida da estação e fode com tudo.
E você continua com a mesma cara de otário, pasmado. Se perguntando "porque diabos isso tinha de acontecer?". Mas sabe como é, o mundo não nasceu para as exceções, meu amigo. Eu entendo seu esforço de não usar o cabelo pra cima porque todo mundo usa, ter um estilo próprio para ser único. Mas o garoto usa brinco numa orelha só, vai fazer tatuagem na semana que vem, em cima do bíceps, né. Para mostrar a tatuagem e fazer onda de musculoso para as garotinhas. Que quase desmaiam quando ele dobra a manga da camiseta e mostra seu braço definido.
O mundo é assim: Gira a cada segundo. Acompanhar o movimento é complicado, tem que ter jogo de cintura. Sendo original é que você não vai conseguir nada. De que adianta ser você mesmo, ter inteligência, se no final ela vai sair com o garotão que a deixa na porta em seu carro do ano?
É, meu caro, você perdeu para o pior. Porque você não é comum. Não é alguém banal. Você poderia mata-la ou cortar seus próprios pulsos. Mas isso ocorre em ciclos, milhares de vezes na nossa grande cidade. Relaxe, tome mais um gole, e aproveite. Pois essas suas roupinhas da estação sairão de moda muito em breve. Termine a noite relaxando. Você já está fodido mesmo...

Thiago Nogueira

1 Comentários:

Às 2:07 AM , Blogger moRena disse...

Não generalize as garotinhas...
hauhauuhuahuhauha

Brincadeira
Thi, pra variar eu gostei... principalmente do final!!!
Saudades
beijo da Mo

 

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial